sexta-feira, março 19

O que eu gosto de falar com velhos javardos

À conversa com um senhor que trabalha na manutenção lá do sítio, e que aos poucos e poucos, está-se a tornar num senhor amigo, eis que surge a conversa sobre guerra do ultramar:

Taberneiro: - Então Sr.... lá na guerra é que era. Nos tempos livres devia ser só pinar!
Sr.: - A c$n& da prima! Tinhamos mais com que nos preocupar...
T: Diga lá... mas nunca coiso e tal?
Sr.: Eit...
T: A esta hora deixou lá uns filhos e não sabe.
Sr.: Qual quê! Deixei foi 25 escudos, 30 escudos e se bem me lembro 15 escudos.

3 Bitaites:

Cor do Sol disse...

Que se passa com a palavra pinar? Vai virar o novo bué?lol.

quase Eu disse...

e já era caro...

Anónimo disse...

Põe a nota debaixo do pé e toca viola ...seja poupado.