quarta-feira, maio 5

Dissertação rota

Um diálogo interessante e construtivo surgiu cá em casa uns tempos atrás.
Temática: larilas. Foco da temática: qual o larilas alfa da relação?
Partindo do princípio lógico, contudo esquisito que um larilas gosta de homens, há que acrescentar que o larilas tem a sensibilidade de uma mulher, ou seja, é uma "mulher" que gosta de homens. Daí surge a pergunta: no meio de uma relação rabetamente explosiva quem é o homem e quem é a mulher no seio familiar? Já sabemos que a relação é entre dois homens que gostam de homens, porém esquecemo-nos que um deles padece de um maior azedume. Em todas as relações tem(?) que existir o factor "mulher de casa". Apesar dos tempos serem outros, foi sendo construido nas nossas mentes, aquela velha ideia (apesar de quase extinta), de o "homem" chegar a casa depois do trabalho e a "mulher" ter o jantar pronto na mesa. Isto é, numa relação larilonça há coisas que nunca mudam: tem que haver a porca e o parafuso para a coisa fazer o mínimo sentido. A conclusão é a seguinte: na espécie paneleirum existe uma sub-espécie: a paneleirum gajex. Existe o ser que faz de gaja. O passivo. No outro lado, existe o que faz de xerife. O que manda, o dominador, o que bate no parceiro, o homenzinho que arranja as unhas mas que tem pelo no peito. Não esquecendo que ainda pode haver uma outra sub-co-espécie: Bi-paneleirum. Tanto levam como dão. Não há distinção entre "homem" e "mulher". Uma verdadeira salada russa, um caixote de lixo não reciclável onde tudo se encontra misturado, sem conceitos pré-definidos. Nestas circustâncias vive-se do verbo apetecer: hoje apetece-me ser a Barbie, amanhã apetece-me ser o Ken...

2 Bitaites:

Anónimo disse...

E depois há a foca, que também ém um animal mamífero.
Òh meu Deus. Que medo que eu tenho destas modernices.
Quero dizer: Rabetas sempre houve... agora tanta exibição?!?!

C. disse...

NOSSA!!!!!! vou ler isto muitoooo atentamente porque estou a trabalhar na minha tese de mestrado e apesar de nao ter nada haver os temas, pode ser que do raciocinio logico e da escrita cientifica se retire algo :D